O contedo desta pgina requer uma verso mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Evento: Crédito de Carbona - A Natura e o Povo Paiter Suruí celebram parceria histórica dentro do contexto do Projeto de Carbono Florestal Suruí. A empresa é a primeira do mundo a comprar créditos de carbono indígena, emitidos pelo VCS (Verified Carbon Standard).
O recurso investido pela Natura será usado para implementar o Plano de Gestão de 50 anos do Povo Paiter Suruí e investido na melhoria da qualidade de vida, na proteção e manejo de suas florestas. "Desde que assumiu o compromisso de ser uma empresa Carbono Neutro, em 2007, a Natura faz a compensação de 100% de suas emissões", diz Denise Alves, diretora de Sustentabilidade. Para compensar o triênio 2011/2012/2013, a Natura trabalha com nove projetos e tem outros três ainda em negociação.
Desde 2006, quando iniciou o processo, a Natura tem como meta reduzir em até 33% as emissões relativas até 2013. Até o fim de 2012, a redução já havia alcançado 28,4%.
Promovido pelo Povo Indígena Paiter Suruí juntamente com várias instituições parceiras, o Projeto de Carbono Florestal Suruí (PCFS) é pioneiro no Brasil e no mundo por ser o primeiro projeto de REDD+ indígena a ser validado nas certificações internacionais do Verified Carbon Standard (VCS) e Climate Community and Biodiversity Standard CCB.

"O desenvolvimento só é alcançado por quem tem uma visão de médio e longo prazo. As futuras gerações também têm direito de viver, direito de ter floresta. A floresta não precisa ser intocada, mas tem de ser usada com responsabilidade", diz o líder Almir Suruí.

Fonte: www.ariquemesonline.com.br

Local: Câmara Municipal de Cacoal - Rolim de Moura - RO

Data: 10/09/2013

Fotos: Carlos Neves

rolim de moura

afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotormafotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm
afotorm afotorm