O contedo desta pgina requer uma verso mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Arquivo:Pioneiros/ DURVALINO JOAQUIM DE OLIVEIRA

Página:01

 

BIOGRAFIA E TRAJETÓRIA DE UM PIONEIRO E DESBRAVADOR DO MUNICÍPIO DE ROLIM DE MOURA

DURVALINO JOAQUIM DE OLIVEIRA

“A vida é um projeto que você mesmo constrói. Suas atitudes e escolhas de hoje estão construindo a "casa" que você vai morar amanhã”. (autor desconhecido)

BIOGRAFIA

“UM DOS PIONEIROS RESPONSÁVEIS PELA CRIAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO MUNICÍPIO DE ROLIM DE MOURA”

DURVALINO JOAQUIM DE OLIVEIRA

DURVALINO JOAQUIM DE OLIVEIRA, nascido no dia 10 de maio de 1939, no Distrito de Felício dos Santos, município de Diamantina, Estado de Minas Gerais. Nasceu em família humilde, filho de José Joaquim de Oliveira e Maria Ferreira dos Santos.
Em 1962 migrou-se para o Estado do Paraná indo morar na cidade de Icaraíma.
Casou-se pela primeira vez em 1963 com Violeta, na cidade Serro, Minas Gerais, deste advieram 05 (cinco) filhos: Osmar, José, Aparecido, Idalmo e Cacilda.
No ano de 1968 mudou-se para distrito de Nice no município de Assis Chateaubriand, sendo que em 1970 passou a residir em Ramilandia Distrito de Matelândia também no Estado do Paraná.
Finalmente no ano de 1972 veio para Rondônia, estabelecendo sua residência nos municípios de Cacoal e Pimenta Bueno.
Esteve em Rolim de Moura pela primeira vez em 1975, sendo que no início 1976 passou a residir neste município. Sempre acreditou no potencial desta cidade, passou por momentos difíceis, pois à época a única forma de se chegar até aqui era por meio de picadas carregando os famosos “cacaios”, fazendo marcação na mata para não se perde, as picadas se tornaram Linha 208 e Avenida 25 de Agosto. Enfrentou adversidades que poucos suportariam, construiu o primeiro barraco no perímetro urbano desta cidade, onde hoje está localizada a Avenida 25 de agosto esquina com a Avenida Norte Sul (local que atualmente é a farmácia Droga Santos).
Na época a estrada era somente até no rio Anta Atirada, o restante do percurso era feito por picadas, feitas com foice e facão.

Foi proprietário do primeiro comércio de Secos e Molhados dentro do Centro de Rolim de Moura, juntamente com sua esposa Violeta.
(na foto sua primeira esposa Violeta, e sua filha Cacilda com 5 anos de idade, no1º Comércio de Secos e Molhados de Rolim de Moura, atualmente esquina da Av. Norte Sul com Av. 25 de Agosto)
 

Construiu o primeiro ponto de ônibus em Rolim de Moura.

(1º ponto de ônibus de Rolim de Moura – na Av. 25 de Agosto esquina com Av. Norte Sul – Farmácia Droga Santos)

 

Teve participação importante na demarcação do perímetro urbano, pois demarcou o local onde seriam construídos vários órgãos e entidades, a saber: Telerom (local em que hoje é o Posto Miriam II), igreja católica (Matriz), antigo hospital do governo (quadra ao lado do Ecos Hotel, local onde hoje está sendo construída a lanchonete Rio Verde), Fórum, Prefeitura Municipal, Quartel da Polícia Militar e Escolas Aluisio Pinheiro e Candido Portinari.
Em 1981, teve um relacionamento amoroso com Zilma, resultando a filha Rosimar.
Em 1982 concorreu ao uma cadeira de vereador pelo município de Cacoal, representando o “Distrito de Rolim de Moura”, ficando com a 3ª suplência do Partido Democrático Social- PDS.

Também na primeira eleição deste Município disputou pela mesma sigla uma vaga de vereador, não sendo eleito.
No ano de 1990 foi condecorado com título de Cidadão Honorário através do Decreto Legislativo nº 017/90.

 

Não pode se fazer presente na Cerimônia de entrega do Título de Cidadão Honorário, sendo este recebido por Violeta, que o representou.

Posteriormente, conviveu com Marta, com a qual teve outra filha de nome Angélica, sendo que a época Marta já era mãe de, Alessandro, do qual foi padrasto, dispensando todos os cuidados e o amando como seu filho.
E no final de 2004 casou-se com Maria de Jesus, a qual já tinha uma filha de nome Amanda, sendo que esta o tinha como pai. Com Maria de Jesus conviveu até seus últimos dias.
Nesta cidade, criou seus filhos, somente um não mora em Rolim de Moura. Aqui permanecendo até seus últimos dias de vida.
Durvalino Joaquim de Oliveira, no dia 03 de maio de 2010, fora mais uma vítima de acidente de trânsito, na cidade que ajudou a construir. Vindo a óbito no dia 26 de maio de 2010.
O sonho de um desbravador se realizou, sonho que muitos não acreditavam que um dia se realizaria, pois eram muitas as adversidades, principalmente por ser um local fora da BR 364. Mas não desistiu, persistiu para ver seu sonho concretizado.
Rolim de Moura se tornou Município, tendo hoje, mais de 50 mil habitantes, é a 7ª (sétima) maior cidade do Estado, é uma cidade pólo, sendo também uma cidade conhecida por ser centro político, haja vista sua representação no âmbito político seja estadual ou municipal.

“Nosso pai Durvalino foi um homem digno, que sempre foi respeitado por todos. Desapegado aos bens materiais sempre cultivou a amizade, solidariedade e respeito, tendo nestes princípios o alicerce de sua vida.
Deixou-nos ainda a lição que devemos ser respeitados pelo que somos e não pelo que temos. Que devemos nos portar com coerência e dignidade, sempre respeitando o próximo não importando sua classe social, credo ou raça, pois nossa vida nada mais é que o REFLEXO de nossas atitudes.
E que devemos ser persistentes sempre, acreditar nos sonhos e ir a luta para torná-los realidade, mas sempre com dignidade, pois assim sempre teremos o respeito e a admiração de todos, não importando o tempo que passar. (Rosimar M. S. O. Degam).

 

FOTOS AVENIDA 25 DE AGOSTO ESQUINA A AVENIDA NORTE SUL

Início:
(primeiro comércio de Secos e Molhados)
(primeiro ponto de ônibus de Rolim de Moura)
(primeiro Comércio de Secos e Molhados de Rolim de Moura)
 

Atual

 

Início

(Av. 25 de Agosto)

(Avenida 25 de Agosto próximo ao redondo)

(Avenida 25 de agosto próximo a loja Acearense)

 

Atual

 

PAI E MÃE

(José Joaquim de Oliveira e Maria Ferreira dos Santos.)

 

FILHOS

Rosimar M. S. Oliveira Degam (Advogada, militante em Rolim de Moura)

Cacilda Lopes de Oliveira (Autônoma, em Rolim de Moura)

Idalmo Lopes de Oliveira (empresário no ramo farmacêutico, na cidade de São Paulo – SP)

José Lopes de Oliveira (Autônomo, nesta cidade)

Aparecido Lopes de Oliveira (Contador, neste município)

Osmar Lopes de Oliveira (empresário ramo farmacêutico de Rolim de Moura)

Angélica da Silva Oliveira
 

Como se fossem filhos

Alessandro Tedeschi da Silva

Amanda de Jesus

 

Esposa

Maria de Jesus Oliveira

 

CERTIDÃO DE ÓBITO

LEI QUE MUDA O NOME DA “PRAÇA DOS IMIGRANTES”

PARA “DURVALINO JOAQUIM DE OLIVEIRA”

(Autora: Rosimar M. S. O. Degam)