O contedo desta pgina requer uma verso mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Museu histórico de Porto Velho deve ser inaugurado em outubro

Publicado Afotorm - 23/01/2014

Antigo prédio da Câmara Municipal vai abrigar nova obra.
Ideia partiu da Associação Cultural Rio Madeira.

Foto: Assessoria.

"Queremos voltar a resgatar a identidade do nosso povo, um pouco da nossa história.", diz Alan.

O projeto de restauração e criação do museu histórico no prédio da antiga sede da Câmara Municipal de Porto Velho, localizada na Rua José Bonifácio, no centro da cidade, teve licitação aprovada e ordem de serviço liberada. A ideia partiu da Associação Cultural Rio Madeira (ACRM) em parceria com a Câmara Municipal e tem previsão de inauguração até outubro deste ano, segundo o presidente da Câmara, Alan Queiroz.

Segundo Willian Haverly Martins, presidente da ACRM, a ideia surgiu entre amigos engenheiros e arquitetos, após relatos de figuras políticas, culturais e sociais, que contribuíram historicamente para a formação do município, o projeto conta com a realização de centro de pesquisa histórico e cultural para estudantes da escola pública e particular, orquestra sinfônica, administração dos eventos do Mercado Cultural, criação do Dia da Identidade Cultural do Rondoniense, revitalização do Monumento aos Pioneiros, participação e administração do Palácio da Cultura e cantata de Natal nas janelas do Palácio do Governo. A história do progresso de Rondônia deverão fazer parte do acervo do museu que contará com sistema de exposição totalmente digital com tecnologia touch screen para gerar mais interatividade para os visitantes.
Alan explica que o recurso para reforma e restauração do prédio histórico foi cedido pela própria câmara. Foi disponibilizado cerca de R$ 1.100 milhão. As obras devem ser concluídas em até oito meses e o presidente planeja a inauguração do museu para 2 de outubro, dia que é comemorado o aniversário de 100 anos da capital. "Queremos voltar a resgatar a identidade do nosso povo, um pouco da nossa história.", diz Alan.





 

 

 

 

Fonte: g1.globo.com