O contedo desta pgina requer uma verso mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Rolim de Moura: Cubanos do "Mais Médicos" são recepcionados

Publicado Afotorm - 15/03/2014

Prefeito Cesar Cassol participou do café da manhã para acolher os 10 profissionais que vão trabalhar na cidade

Foto: Assessoria.

"O prefeito Cesar Cassol e os vereadores Sérgio Sequessabe, Gerson Bastos e Jairo Benetti recepcionaram os profissionais..."

A Prefeitura de Rolim de Moura organizou nesta sexta-feira (14) um café da manhã para recepcionar os seis médicos cubanos e quatro brasileiros do programa "Mais Médicos" do Governo Federal, que foram colocados à disposição da secretaria municipal de saúde. Parte do grupo já estava trabalhando na cidade e uma outra parte desembarcou no município no início da semana.
O prefeito Cesar Cassol e os vereadores Sérgio Sequessabe, Gerson Bastos e Jairo Benetti recepcionaram os profissionais. Para o chefe do executivo municipal, a vinda dos médicos vai ajudar a melhorar a qualidade do atendimento prestado na rede básica de saúde, mas que também pretende promover ações para valorizar os médicos locais que já atuam no município.
"São todos muito bem vindos. Eles vão nos ajudar e muito no atendimento de nossos pacientes, vão desafogar bem o hospital municipal, mas já estou vendo com nossa equipe para dar aos nossos médicos de carreira os mesmos benefícios de quem está dentro do programa, como o auxílio moradia e outros atrativos, para que eles possam se fixar em Rolim de Moura", argumentou.
Todos os médicos do programa são clínicos gerais. Pelas regras do "Mais Médicos", eles devem trabalhar exclusivamente na rede básica, ou seja, nos postos de saúde. Só em caso de emergências ou calamidades eles podem ser convocados para atuar no pronto socorro. Cada uma das unidades básicas de saúde da cidade deve receber dos médicos.
Yulierky Luiz tem 34 anos e é Cubana da cidade de Ciego de Ávila, que fica a 460 km da capital Havana. Ela disse que está muito feliz com a oportunidade de ajudar as pessoas do Brasil com seus conhecimentos e que pretende, durante o tempo que permanecer no programa, melhorar a qualidade de vida de seus pacientes e trata-los com muita dignidade.

 





 

 



 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Rolim de Moura