O contedo desta pgina requer uma verso mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Rolim de Moura: Acirm é representada em Fórum da CACB

Publicado Afotorm - 07/04/2014

Diretoria da entidade Rolimourense fez questão de agradecer Bancada Federal.

Foto: Assessoria.

"Segundo a coordenadora pedagógica da SEMEC, Lurdes Santana, a aulas iniciam normalmente para as 36 turmas da pré-escola da Balão Mágico..."

A Associação empresarial de Rolim de Moura-Acirm, participou de um importante seminário da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil-CACB. A entidade rolimourense esteve representada pela presidente da Acirm Kelly Rodrigues e a secretária executiva, Ester Caliani. O evento ocorreu em Brasília e no segundo dia do seminário a Presidente da República, DilmaRousseff, visitou o local onde fez pronunciamento dando ênfase as Micro e Pequenas Empresas e o trabalho do Ministro Guilherme Afif Domingos para desburocratizar esta área.
O Ministro falou para um público de aproximadamente duas mil pessoas que é necessário saber os direitos constitucionais da classe empreendedora. "Está na Constituição Federal, que o tratamento diferenciado dispensado às micro e pequenas empresas é obrigatório. "O tratamento diferenciado é obrigação. A grande revolução desse país virá dos pequenos, não dos grandes", enfatizou ministro da Micro e Pequena Empresa.
Reivindicações
As reuniões da delegação de Rondônia iniciaram na sede da Federação das Associações empresariais de Rondônia-Facer em Porto Velho onde a Presidente da Acirm, Kelly Rodrigues explicou aos demais presidentes de Associações do Estado, sobre a preocupação da Acirm com relação à greve da Suframa, que entidade foi informada através do contador e Conselheiro do CRC, Jorge Ricardo. Ela falou da necessidade da união das Associações Empresariais-Aces, através da Facer e da bancada federal para o fim da greve.
A Acirm elaborou um documento e passou para a Facer, o qual, Presidente, Gerson Zanatto, entregou ao Secretário Executivo do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Ricardo Schaefer como representação de todas as Associações do Estado de Rondônia contra a greve da Suframa. "Não contra as reivindicações dos grevistas, mas requerendo que o governo Federal se posicione imediatamente para o fim da greve", em razão lembrou Zanatto, dos prejuízos que está causando para o Estado de Rondônia, além das enchentes muitos comerciantes ainda não podem comprar com o incentivo da isenção do IPI em razão de que as notas fiscais não estão passando pela internação na fronteira com o Mato Grosso, impedindo as indústrias de informarao fisco, assim como os comerciantes de Rondônia, gerando prejuízos para todos, do início ao fim da cadeia produtiva. Schaefer disse que o governo federal já está tomando as providências de negociação para o fim da greve no máximo em uma semana.

 

Bancada Federal
Na reunião com o Secretário Executivo do Ministério, a bancada federal de Rondônia foi categórica ao reivindicar um posicionamento do governo federal com relação à reconstrução das cidades atingidas pelas enchentes, principalmente Guajará Mirim e Nova Mamoré, onde também foi abordado o assunto da área de livre comércio dos dois municípios, visto que mais de 90% do território de Guajará e 50% de Nova Mamoré são de preservação, portanto, nada mais justo que o governo crie mecanismos de compensação para os nossos irmãos da fronteira.
Agradecimento
A diretoria da entidade rolimourense agradece a toda a bancada federal, Senador Valdir Raupp, Senador Ivo Cassol, Deputados Carlos Magno, Nilton Capixaba, Padre Ton, Moreira Mendes, Amir Lando, Anselmo de Jesus, Marcos Rogério, mas em especial a Deputada Marinha Raupp que deu total apoio à delegação do Estado de Rondônia, tanto no evento da CACB, através da Assessora Lourdes Maria, como também nas reuniões no Congresso Nacional. "Agradecemos também o Secretário Executivo do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Ricardo Schaefer, que atendeu a nossa delegação e se comprometeu, dentro das prerrogativas do Ministério fazer tudo o que for possível para atender os pontos discutidos", finalizou Kelly Rodrigues.


 





 

 



 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Acirm