O contedo desta pgina requer uma verso mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Projetos de assentamentos em Rondônia terão assistência técnica

Publicado Afotorm - 21/08/2014


Foto: Assessoria.

"As empresas interessadas têm até o dia 15 de setembro para apresentar propostas ao atendimento de 3.811 famílias em 53 projetos de assentamentos, em Rondônia..."

Rondônia possui 81 assentamentos da reforma agrária com 5.124 famílias. Mas esse número deve ser ampliado. Essa é a proposta da superintendência do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em Rondônia que abriu edital para contratar empresa de serviços de assistência técnica e extensão rural (Ater) que atenderá 3.811 famílias em 53 projetos de assentamentos a partir de 2015.

A assistência vai beneficiar mais de 3 mil famílias em Rondônia. Foto: Incra/Divulgação

As empresas interessadas têm até o dia 15 de setembro para apresentar propostas ao atendimento de 3.811 famílias em 53 projetos de assentamentos, em Rondônia. Os três lotes estão localizados em Porto Velho, Candeias do Jamari (1), Theobroma, Ariquemes, Cujubim, Buritis (2), Nova União, Mirante da Serra, Presidente Médici, Nova Brasilândia, Castanheiras, São Francisco do Guaporé, Seringueiras e Costa Marques (3).

Em Porto Velho, a iniciativa contempla um assentamento para atender 123 famílias na capital, dois no distrito de Jacy-Paraná para atender 103 famílias e três no Joana d´Árc para 342 famílias. Podem participar da chamada pública empresas públicas e privadas com ou sem fins lucrativos. O investimento é de 9,7 milhões

Ações

De acordo com o edital, a empresa escolhida também terá que elaborar Planos de Desenvolvimento do Assentamento (PDA) e Planos de Recuperação do Assentamento (PRA). Os serviços deverão ser realizados em um ano, podendo ser prorrogado. A empresa pode ser candidatar para cada lote ou para mais de um simultaneamente.

Fazem parte das metas a serem aplicadas nos projetos de assentamentos a promoção do desenvolvimento rural sustentável, da agroecologia, da cidadania, melhoria da qualidade de vida; promover a viabilidade econômica, a segurança alimentar e nutricional; favorecer o protagonismo da mulher na construção e implementação dos projetos e fortalecimento das organizações sociais.

Faz parte do plano de trabalho o desenvolvimento rural sustentável. Foto: Incra/Divulgação

Propostas

A comunidade beneficiada será consultada sobre as atividades que serão desenvolvidas nos projetos de assentamentos. O plano de trabalho inclui, segundo o edital, visitas domiciliares, seminários, oficinas. Ainda conforme o edital serão necessários 61 profissionais como engenheiros agrônomos, florestais, assistentes sociais, técnicos agrícolas e agropecuários.

As propostas deverão ser entregues à Superintendência Regional do Incra, localizada à avenida Lauro Sodré, 3050, Bairro dos Tanques, em Porto Velho/RO, Bloco E – Sala 10 – CPL, de segunda à sexta no horário das 8h às 12h e das 14h30 às 18h.





 

 

 




 

 

 

 

 

Fonte: www.rondoniaticias.com.br