O contedo desta pgina requer uma verso mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Policia Militar firma convênio para coleta de lixo eletrônico

Publicado Afotorm - 29/10/2014

De acordo com o comandante geral da PM, coronel Fernando Prettz .

Foto: Assessoria.

rolim-de-moura

"Polícia Militar é a pioneira no Estado de Rondônia em atender a Lei 12.305, de 2 de agosto de 2010, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos.."

Polícia Militar de Rondônia (PM) firmou termo de cooperação técnica com a empresa Cooperar Reciclagem para a coleta dos resíduos de equipamentos eletrônicos descartados, defeituosos, antieconômicos, objetos de diversas tecnologias. De acordo com o comandante geral da PM, coronel Fernando Prettz, esta providência vai gerar maior proteção à saúde pública e qualidade ambiental.

O recolhimento lixo eletrônico está previsto no Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos da Polícia Militar. O material coletado terá destinação adequada, conforme protocolo de soluções sustentáveis para posterior reaproveitamento, reduzindo a necessidade de recursos naturais renováveis e não renováveis.

Para o diretor da empresa Cooperar Reciclagem, Roberto Goiany Xavier Santarém, a Polícia Militar é a pioneira no Estado de Rondônia em atender a Lei 12.305, de 2 de agosto de 2010, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos. Outras unidades particulares já atendem a essa determinação legal.

Segundo Roberto Santarém, são princípios da Política Nacional de Resíduos Sólidos, a prevenção e precaução na gestão dos resíduos sólidos, que considere as variáveis ambiental, social, cultural, econômica, tecnológica e de saúde pública. Ele explica que a elaboração de um Plano Estadual de Resíduos Sólidos, nos termos da Lei Federal, é condição para que os Estados tenham acesso a recursos da União ou por ela controlados, destinados a empreendimentos e serviços relacionados a gestão de resíduos sólidos.

 


Fonte: rondoniadinamica