O contedo desta pgina requer uma verso mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

LUTO: Vitima de infarto fulminante, Luizão da Gazin morre em Rolim de Moura

Publicado Afotorm - 11/11/2014


Fotos: Carlos Neves/afotorm

rolim-de-moura

Foto feita no leilão Direito de Viver 28/09/14

Luiz Carlos Maziero, de 55 anos, morreu na madrugada desta terça-feira, 11, em Rolim de Moura vitima de Infarto Fulminante. Funcionário do Grupo Gazin há 20 anos, Luizão da Gazin, como era chamada veio para Rolim de Moura há 11 anos, com a missão de gerenciar a loja no município e ficar por um período. Aqui se apaixonou pela cidade e permaneceu. Muito carismático foi ganhando a confiança da população e colecionado amizades importantes.

Membro do Rotary Club de Rolim de Moura, Luizão contribui com diversas ações sociais do clube de serviço e ajudou a fazer a alegria de crianças e adolescentes, através das ações voltadas para a Casa da Criança, Pastoral do Menor e outras entidades ajudadas pelos Rotarianos. Desportistas apaixonado também teve importância fundamental durante as realizações de varias edições da Copa Rotary de Futsal. Atualmente o gerente comercial era presidente do Centro Educacional de Rolim de Moura (CER).

Motivador Luizão incentivou dezenas de funcionários da empresa onde dedicou parte de sua vida, a manter o foco em seus objetivos e a vencer na vida. Virou exemplo de muitos gerentes de empresas e menores que viam no profissional um modelo de gerente a ser seguido. Casado, deixa dois filhos e uma legião de amigos que amanheceu esta terça-feira, lamentando a morte prematura de um dos grandes homens de Rolim de Moura.

Enlutada toda a equipe do site Tribuna Top roga que o Espirito Santo acalente os corações machucados com esta perca e lembra, "A angústia de ter perdido, não supera a alegria de ter um dia possuído" (Santo Agostinho).

 

 

 

 

 

rolim-de-moura

Foto feita no leilão Direito de Viver 28/09/14 (com esposa)

rolim-de-moura

Foto feita no leilão Direito de Viver 28/09/14 (com amigos)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Redação/ Tribuna TOP