O contedo desta pgina requer uma verso mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Rolim de Moura: O sonho impossível do Governador e o pesadelo do cidadão rolimourense

Publicado Afotorm - 04/12/2015


Foto: Assessoria

rolim-de-moura

Ao comentar matéria veiculada nos diversos meios de comunicação do Estado de Rondônia e, muito repercutida na imprensa municipal com o título "Confúcio pede apoio de todos os políticos para salvar Rolim de Moura", o Vereador Jairo Benetti – PSD, Presidente da União de Câmaras e Vereadores de Rondônia – Ucaver, foi enfático ao afirmar que a pior situação do município é na verdade a falta de gestão e gerenciamento por que passa Rolim de Moura.
Para o Vereador, se os parlamentares rondonienses, especialmente na esfera Federal tivessem feitou uma gestão para que esse Governo que aí está PT/PMDB não autorizasse esses favorecimentos às grandes montadoras com isenção de IPI e outras benesses mais, a situação nesse momento não seria a que estamos vivendo, somente o município de Rolim de Moura perdeu em 2015 mais de 35 milhões de reais, que por si só resolveria grande parte dos problemas.
A falta de gerenciamento no município fica evidenciado também quando não se consegue sequer alimentar os programas de saúde, não se sabe se por falta de pessoal capacitado, falta de internet ou até mesmo de comando, na verdade ficamos com a última, pois isso acarreta a diminuição da vinda de recursos dos programas específicos acarretando gastos desnecessários ao erário. "A perca de recursos e a devolução de recursos oriundos de emendas parlamentares que tem sido uma constante no município nos dão as diretrizes de como está sendo administrada nossa querida Rolim de Moura", disse o vereador.
O governador faria um grande favor se unisse nossa bancada agora para dar apoio a Confederação Nacional dos Municípios que tem um trabalho voltado à recuperação dos municípios que é: reforma tributária, pacto federativo, importância do FPM e a desoneração a custo dos Municípios. "Todo o nosso problema é o seguinte: renúncia fiscal e o subfinanciamento dos programas federais".Ressaltamos ainda que foi entregue à presidente da República, Dilma Rousseff, a Pauta Municipalista, que destaca a necessidade da Lei Complementar para regular o novo ISS e a elevação do FPM em 2%, pelo que devemos lutar,não alimentando sonhos irrealizáveis, falar em asfaltar todo o município é muito fantasioso, primeiro porque o asfalto que já existe, o executivo não dá conta nem de conservar, é fato, nossas ruas pavimentadas e toda esburacada sem que nenhuma ação seja realizada no intuito de recuperar, isso seria jogar dinheiro pelo ralo já que se asfalta hoje e se acaba amanha. "Acredito que os parlamentares do Estado na esfera Federal estejam preocupados com esse tipo de discurso, haja vista, que durante a campanha e mesmo depois o Governador disse nos quatro cantos do Estado que iria pavimentar nesse seu governo uma enormidade de quilômetros e, em Rolim não foi diferente, mas em nenhum momento disse que seria através de emendas parlamentares. estaria transferindo responsabilidades nesse momento?", disse Jairo Benetti.
Rolim de Moura que é um dos municípios mais politizados do Estado, deve estar recebendo essa notícia perplexos, pois todos nós sabemos que 2016 é um ano político, onde haverá eleições municipais e esperamos que tudo isso que estão falando nesse momento não seja a preparação para os palanques que virão por aí, não fiz porque faltou isso, mas votem no sicrano que vamos conseguir, ele tem o nosso apoio e de toda base para trazer os recursos necessários para que tudo se torne realidade. Vamos esperar pra ver, mas nesse momento isso não passa de um sonho irrealizável do Governador, e o pesadelo pelo qual os cidadãos rolimourenses estão passando neste momento.


 

Fonte:Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Rolim de Moura