O contedo desta pgina requer uma verso mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Cultura:

Dois editais abertos destinam R$ 75 milhões para audiovisual

Publicado Afotorm - 22/10/2015

Longas-metragens, telefilmes, obras seriadas de ficção, animação e documentário poderão concorrer a mais uma linha do programa

Foto: Assessoria

rolim-de-moura

As inscrições foram abertas, nesta segunda-feira (19) e seguem até 19 de novembro.

Longas-metragens, telefilmes, obras seriadas de ficção, animação e documentário poderão concorrer a mais uma linha do programa Brasil de Todas as Telas. A Ancine (Agência Nacional do Cinema) concederá, por meio do Fundo Setorial do Audiovisual, um total de R$ 70 milhões a empresas produtoras brasileiras independentes, distribuidoras brasileiras atuantes no mercado de salas de exibição e programadoras de televisão
Trata-se da linha de desempenho comercial do Sistema de Suporte Automático do Programa Brasil de Todas as Telas, a Chamada Pública Prodav 06/2015. As inscrições foram abertas, nesta segunda-feira (19) e seguem até 19 de novembro.

Os interessados deverão preencher um formulário, disponível no site www.ancine.gov.br/fsa. Além disso, para passar pela fase de habilitação de obras, a empresa deverá preencher informações e enviar documentos digitalizados por meio do sistema eletrônico do Suporte Automático disponibilizado no sítio da Ancine.

As empresas vencedoras receberão recursos que ficarão disponíveis por dois anos e que deverão ser destinados à produção de novas obras audiovisuais brasileiras independentes. Na última edição do PRODAV 06, os recursos foram divididos entre 22 produtoras, três distribuidoras e quatro programadoras.

Mais opções

A Ancine também tem inscrições abertas, até 13 de novembro, para a Chamada Pública PRODAV 07/2015. A iniciativa irá contemplar, com R$ 5 milhões oriundos do Fundo Setorial do Audiovisual, 10 obras cinematográficas lançadas em 2013 de produtoras brasileiras independentes.

O valor total de R$ 5 milhões será dividido de forma igualitária entre as empresas. Os recursos, oriundos do Fundo Setorial do Audiovisual, ficarão disponíveis por até 2 anos e deverão ser destinados à produção de novas obras audiovisuais brasileiras independentes de ficção, animação ou documentário.

As inscrições devem ser apresentadas em envelope lacrado, e enviadas ao Escritório Central da Ancine por serviço de encomenda expressa ou entregue por portador, contendo toda a documentação exigida e de acordo com as orientações contidas no edital. A expectativa é que o resultado final seja divulgado em janeiro de 2016.

 

 


 

Com informações da Ancine - Ministério da Cultura

Fonte: Assessoria de Comunicação - www.portaltvcariri.com.br