O contedo desta pgina requer uma verso mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Show Rondoniana, Meu Dengo começa circulação

Publicado Afotorm - 01/04/2017

São duas horas de espetáculo, em que os cantores interpretam vários estilos de samba.

Foto: Assessoria

rolim-de-moura

Show Rondoniana, Meu Dengo com a Fina Flor do Samba começa a circular. Dia 06/04/17 em Rolim de Moura.

O espetáculo musical "Rondoniana, Meu Dengo" com Ernesto Melo e a Fina Flor do Samba, atendendo convênio firmado pelo Edital Zezinho Maranhão de Música com a Sejucel, começa a circular a partir do dia 6 de abril.

De acordo com exigências do Edital, o show musical tem que cumprir cinco apresentações em cidades polos do estado de Rondônia, assim sendo, a direção do Grupo Dizfarsa vencedor do Chamamento Público, do governo do Estado, vai apresentar o espetáculo "Rondoniana, Meu Dengo" nas seguintes cidades:

Dia 6 de abril – Rolim de Moura – show na praça Durvalino J. Oliveira em frente ao teatro Francisca Verônica de Carvalho com apoio cultural do diretor de Cultura Carlos Neves.

Dia 7 de abril – Ji- Paraná – show no Teatro Dominguinhos com o apoio do Sindsef.

Dia – 8 de abril – Ariquemes – show no Teatro.

Dia 9 de abril – Guajará-Mirim – show na praça do Museu da Madeira-Mamoré.

Onze músicos e cantores participam do espetáculo "Rondoniana, Meu Dengo" Ernesto Melo, Sílvio (Zekatraca) Santos, William Simpatia, Barney, Hudson Mamede, Hudson Jr. Walci Nonato, Karatê, Chiquinho do Pandeiro, Nicodemos e Beto Ramos.

São duas horas de espetáculo, em que os cantores interpretam vários estilos de samba, culminando com o show do Ernesto Melo baseado em suas composições.

O Edital Zezinho Maranhão de Música é uma ação do governo de Rondônia via Sejucel através do seu Departamento de Cultura.

Além do espetáculo "Rondoniana, Meu Dengo" outros cinco shows foram selecionados e também já estão circulando pelo Estado.

Mercado Cultural

Ernesto Melo e a Fina Flor do Samba apresentou na noite de ontem, 31, no Calçadão Manelão em frente ao Mercado Cultural em Porto Velho, o espetáculo que começa a circular no próximo dia 6 de abril.

Por Sílvio Santos

Fonte: DIÁRIO DA AMAZÔNIA