O contedo desta pgina requer uma verso mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

EAD em produção cultural

Publicado Afotorm - 27/02/2018

Inscrições 20 de fevereiro a 4 de março de 2018 pelo site


Em abril, maio e junho de 2018, o Observatório Itaú Cultural realiza o curso EAD em produção cultural. De caráter introdutório, a atividade é gratuita e voltada para artistas, produtores, gestores e agentes culturais, possibilitando a troca de experiências entre profissionais de todo o país.

O curso consiste em sete aulas ministradas – a distância – por diferentes profissionais. Confira os temas abordados e os respectivos professores:

- ambientação na plataforma Itaú Cultural | Michelle Antunes (MG);

- planejamento e produção cultural | Rachel Gadelha (CE);

- políticas culturais e legislação | Renata Rocha (BA);

- pesquisas e mapeamentos culturais – reconhecimento de territórios | Clarice Libânio (MG);

- comunicação, redes e cooperação cultural | Gisele Jordão (SP);

- arte, fruição e acessibilidade | Renata Felinto (CE) e Felipe Mianês (RS);- sustentabilidade – cultura e seus impactos socioeconômicos | Luciana Guilherme (CE).

Realização do curso: de 12 de abril a 14 de junho de 2018

Inscrições: de 20 de fevereiro a 4 de março de 2018 pelo site.

Clik aqui https://itaucultural.formstack.com/forms/ead_producao_cultural

180 vagas (18 para autodeclarados negros ou pardos e 6 para autodeclarados indígenas)

 


EAD em Produção Cultural

Criado em 2006, o Observatório Itaú Cultural configura-se como um espaço de reflexão e pesquisa sobre o setor cultural, que também contribui para a formação de recursos humanos.

Cada vez mais as atividades profissionais no setor cultural exigem competências na articulação de conhecimento dos contextos culturais com os pressupostos de administração, produção, economia e políticas inerentes. A formação de quadros de profissionais com embasamento teórico e capacidade de intervenção em realidades locais é imprescindível para viabilizar uma investigação de qualidade e uma atuação especializada.

O Curso EAD em Produção Cultural busca um equilíbrio entre teoria e prática, evitando o academicismo demasiado, sem, no entanto, eliminar por completo subsídios históricos e conceituais. O programa traz melhor articulação entre os diferentes módulos da formação, de modo que seu encadeamento gere coerência e sinergia.

Para um melhor aproveitamento do curso, os alunos deverão ser profissionais com atuação na área da cultura e devem ter ensino médio completo. Será dada prioridade para inscritos acima de 18 anos.

Na seleção dos participantes, será dada prioridade aos que estiverem envolvidos com projetos e ações na área cultural, produtores e gestores culturais, artistas, que estejam vinculados às instituições culturais– públicas, privadas e organizações da sociedade civil. Uma vaga por instituição.

Está prevista uma proporcionalidade de vagas no Curso EAD por região/Estado. Serão oferecidas 180 vagas, sendo 18 destinadas para inscritos autodeclarados negros ou pardos e 6 para autodeclarados indígenas, sendo neste, necessária declaração sobre sua condição de pertencimento étnico assinada por pelo menos uma liderança de sua respectiva comunidade, conforme legislação.

Será outorgado uma certificação online de curso livre, com participação mínima de 70%.

Esperamos que o curso ajude a aprimorar sua atuação cultural em seu território.


Fonte: Observatório Itaú Cultural