O contedo desta pgina requer uma verso mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Sítio arqueológico é descoberto no Sertão de Alagoas

Publicado Afotorm - 01/02/2018

Local é conhecido como Pedra de Santo Antônio, na cidade de São José da Tapera.

FOTOs : Jonathan Lins/ MP

rolim-de-moura

Equipe do FPI analisa Sítio Arqueológico em São José da Tapera.

A Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do São Francisco (FPI do São Francisco) descobriu nesta terça-feira (6), um sítio arqueológico na zona rural do município de São José da Tapera, Sertão de Alagoas.

A descoberta foi feita pela equipe de Resíduos Sólidos e Extração Mineral da FPI após informações passadas por um morador da cidade.

Várias pinturas rupestres estão estampadas na Pedra de Santo Antônio. O local é visitado, principalmente, por devotos do santo.

"Essa pedra não tinha valor nenhum até hoje. Ninguém aqui tinha noção da importância dessas pinturas. Até já quiseram trazer uma imagem do santo para deixar aqui. Agora já sei que isso não é permitido. Vou conversar com todo mundo para que cuidem ainda mais desse lugar", conta Francisco Melo, 71, vaqueiro da propriedade onde está a Pedra de Santo Antônio.

 

A equipe identificou algumas ilustrações que lembram figuras humanas. Segundo os pesquisadores, em uma primeira análise, o material usado para a pintura parece ser óxido de ferro, por causa da cor avermelhada. O minério pode ter sido extraído da própria rocha.

Além das figuras humanas, há imagens de cobras e aves. "Com isso, podemos inferir que havia rituais neste local, embaixo das rochas. Portanto, trata-se de algo muito interessante para a arqueologia, já que trabalhamos com fragmentos da história", analisa Auremilia.

A arqueóloga explicou que, por ser um sítio arqueológico, não há necessidade de tombamento para a preservação do local.

 

rolim-de-moura

Pinturas retratam rituais do homem pré-histórico.

rolim-de-moura

Pinturas retratam rituais do homem pré-histórico.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

rolim-de-moura

Pesquisadores estimam que imagens tenham sido pintadas entre 4 mil e 12 mil anos atrás.

rolim-de-moura

Local conhecido como Pedra de Santo Antônio atrai devotos do santo e guarda um história milenar .

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Por G1 AL